Blog NeoImagine
Tecnologia

Celulares ultrapassam os PCs no uso de internet no Brasil

Pela primeira vez na história, os smartphones se tornaram o principal meio através do qual as pessoas acessam a internet no Brasil. Segundo foi divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o suplemento de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), realizado em convênio com o Ministério das Comunicações, mostrou que, pela primeira vez, o acesso à internet via telefone celular nos domicílios brasileiros ultrapassou o acesso via computador.
Segundo o estudo, cerca de 80,4% dos lares que têm acesso à internet prefere fazê-lo através do smartphone. De 2013 para 2014, entre os domicílios que acessaram a internet (inclusive os que utilizaram mais de uma forma de acesso), o percentual dos que o fizeram com um computador recuou de 88,4% para 76,6%, enquanto a proporção dos domicílios que acessavam a internet apenas cresceu.

A partir de 2013, a PNAD TIC passou a investigar também o acesso à Internet por equipamentos diferentes do microcomputador (telefone móvel celular, tablet, televisão e outros). Considerando-se todas essas formas de acesso, 48,0% dos domicílios tinham acesso à Internet em 2013 e 54,9% deles (ou 36,8 milhões), em 2014.
Em 2014, cerca de 16,5% (11,1 milhões) dos domicílios do país tinham tablet, um aumento de 5,7 pontos percentuais em relação a 2013, quando a presença deste equipamento nos domicílios foi investigada pela primeira vez. Aliás, em relação a 2013, os acessos domiciliares à Internet por tablet cresceram 50,4%.
Dos 36,8 milhões de domicílios com acesso à Internet, 0,8% possuíam só a conexão discada e 99,2%, conexão em banda larga em 2014. A conexão em banda larga fixa cresceu 9,9% em relação a 2013, mas a sua proporção caiu: de 77,1% para 71,9% dos domicílios com Internet. Já a presença da banda larga móvel (celular) pulou de 43,5% para 62,8% dos domicílios com Internet.
Entre as três modalidades de TV investigadas pela PNAD TIC 2014, a TV digital aberta chegava a 39,8% dos domicílios do país, a TV por assinatura chegava a 32,1% deles e a TV por antena parabólica, a 38,0%. Entre essas três modalidades, a que mais cresceu foi a TV por assinatura: uma expansão de 12%, em relação a 2013. Entre os domicílios com aparelhos de TV, 23,1% (ou cerca de 15,1 milhões) não tinham nenhuma dessas três modalidades de acesso à programação televisiva.

Fontes:
http://saladeimprensa.ibge.gov.br/noticias?view=noticia&id=1&busca=1&idnoticia=3133
http://www.tecmundo.com.br/internet/103300-ibge-celulares-ultrapassaram-computadores-acesso-internet-2014.htm

 

E você, prefere acessar à internet pelo PC ou Celular? Deixe seu comentário!