Blog NeoImagine
Criação Dicas

Ilustração ou fotos no meu site?

Na hora de produzir o conteúdo para um novo site muitas perguntas vem à tona para definir a melhor forma de comunicação: qual o objetivo, público, linguagem, se o produto/serviço poderá ser obtido sem intervenção humana, quais redes sociais estarão integradas… E mais recentemente uma nova questão vêm exigindo briefings cada vez mais elaborados: Usar ilustrações ou fotos reais para apresentar o conteúdo?

Não faz muito tempo que ao acessar um site institucional as fotos clichês estariam sempre presentes: um profissional uniformizado sorrindo.

Então houve o boom das startups que trouxeram uma nova forma de comunicação com o público. Executivos sorridentes de terno foram substituídos por belas ilustrações que podem se integrar facilmente a identidade visual da marca, que possibilita brincar com as cores, expressões e formas do corpo e trazem mais representatividade. Os sites que antes não imaginavam esse cenário, agora fazem um uso muito inteligente das ilustrações não só no digital mas nos meios físicos e impressos também.

 

  

Essa estratégia funcionou muito bem pelo simples fato de estar alinhada com o público: pessoas jovens, com a mente aberta que abraçam o novo e estão cansadas de rotinas burocráticas sem sentido no mundo conectado. A ilustração pode ser usada sem que o site perca sua função transmitir a seriedade e credibilidade que a empresa ou serviço oferecem.

O design do site alinhado com as ilustrações e uma ótima estratégia de comunicação, apresenta de forma mais lúdica e didática como seu cliente executa essa ou aquela ação e como ele obtém determinado serviço de forma prática e rápida. Tudo isso influência positivamente na experiência do usuário e consequentemente nas vendas futuras.

Então eu sempre devo usar ilustrações agora?

Tudo depende da sua estratégia:

Fotos – Ainda são preferência quando a comunicação precisa transmitir proximidade e sentimento com o visitante (olho no olho), principalmente fazendo uso de fotos mais “espontâneas”. Um bom exemplo é na venda de produtos ou serviços que ressaltam a conexão entre as pessoas.

   

Ao usar fotos em seu site você terá 2 opções para adquiri-las, ou será necessário a contratação de uma equipe profissional de fotografia (o que requer um investimento mais alto, pensando em cenários, fotógrafos, modelos…) ou você obtém ela em um banco de imagens (que pode ser gratuito ou pago), neste último vale lembrar que qualquer outro site poderá ter a mesma foto que você, isso tira um pouco da exclusividade e pode te colocar naquele cenário clichê de profissionais uniformizados sorrindo.

Então escolha com atenção a foto que melhor comunica a mensagem que quer passar e sem recorrer ao Google Imagens, direito autoral é coisa séria e pode te colocar em maus lençóis.


Ilustrações – O uso mais comum é na apresentação de um produto/serviço e na orientação da jornada do cliente (dicas, etapas, dúvidas). Por ser mais objetiva e menos formal, a ilustração consegue chamar atenção e exemplificar questões importantes do seu negócio.

Startups, empresas de consultoria online e diversos seguimentos de SAAS (softwares como serviço) estão usando as ilustrações para explicar de forma simples, prática e bonita, tudo que oferecem de inovador sem serem confundidas com as obsoletas organizações.

   

Você pode contratar um ilustrador profissional para ter imagens exclusivas em seu site e toda sua identidade, além de criar uma diferenciação dos seus concorrentes. E novamente, nada de Google Imagens, as fotos que estão ali são do site de alguém e provavelmente possuem direitos autorais.

Independe de você usar fotos reais, ilustrações ou ambos no seu projeto, é importante ter em mente o objetivo e o que deseja comunicar ao seu público.